Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2010

Nunca sei o que dizer nestas situações. Só sei que... não sei. A pessoa a quem vou agora escreverer um testamento, chama-se Mafalda. Mas Mafalda?? Nã, nã. Para mim, não há Mafaldas iguais a esta. É Mafy e acabou!

  No sexto ano era apenas a miúda de cabelos pretos e gandas olhos castanhos que jogava e joga, bué bem basket. A partir do sétimo, tudo mudou.

Assim que abria os olhos de manhã bem cedo, queria ir para a escola. Não, não era pa estar sentada 90 minutos a ouvir os stôres... Era para estar com ela, só com ela. Falávamos imenso (e falamos). Aquela miúda que eu pensava ser apenas uma miúda de cabelos pretos e olhos castanhos... era na verdade, uma grande amiga. Passei todos os bons momentos com ela, ri-me imenso com ela, apesar de ela me assustar muitas vezes... xD (eu também a assusto... =$ ). Ela é me essencial, ajuda-me nos momentos que preciso embora muitas das vezes não a recompense... Se eu por acaso, nunca me tivesse dado bem com ela ou se nunca a tivesse conhecido, eu não era nada. Continuava a ser aquela pitinha de dois tótós espetados na cabeça e a fazer figuras parvas aos saltinhos e risinhos na sala das colunas. Se nunca a tivesse conhecido, talvez não chorasse de alegria ou de saudade. Se nunca a tivesse visto, talvez não tivesse mudado. Se nunca lhe tivesse falado, talvez não perdia um bocado da vergonha estúpida que às vezes tenho... Se nunca a tivesse admirado como a admiro, nunca seria a Inês que conhecem. Se nunca lhe tivesse dito amo'ty era porque estava a ser estúpida e não ter visto a pessoa que ela tem lá dentro. Se ela não existisse... eu não sei onde teria a minha cabeça! Se não fosse ela, eu mal saberia agora o que era a Saga Twilight... e como sei, adoro e adoro! xD

 

Nas férias de Natal, senti tanto a tua falta... nem msn, nem sms, nem nada! Nada dava para matar saudades. Estar contigo é uma grande oportunidade! O enorme defeito do ser humano, é só saber dar valor aquilo que tem depois de a "perder" (pus o perder entre " porque eu não te perdi, fiquei sem ti 2 semanas). Eu já te fiz muita mer** e tu nunca te chateas... claro, ficas um bocado zangada, mas desculpas logo... desculpa lá se às vezes sou muito chata pa ti...

 

Nunca sei o que dizer nestas situações...

 

Mas obrigada.

 

Por tudo, tudo. Muito obrigada por me fazeres sorrir e até mesmo chorar. Muito obrigada por me abraçares. Muito obrigada por me dares força quando estou em baixo... Muito obrigada por tudo o que fazes por mim, que para ti pode ser uma coisa simples como respirar, mas que para mim é mais do que isso. Amo'ty, com todas as letras. Às vezes, há pessoas que dizem adoro-te, amo-te e coisas assim por dizer. Dizem como se estivesse a falar normalmente. Mas eu... eu não digo adoro-te ou amo'ty a qualquer pessoa. Digo apenas às pessoas que o merecem e que eu adoro mesmo, e essas palavras vêm do fundo do meu coração e não da língua. Amo'tyyy muityy gôda! És me essencial @

Espero que tenhas gostado desta minorca homenagem, e espero que saibas que estarás sempre, sempre aqui.

 

New Moon 4ever!! @@

Escrevo agora o mais importante...

Amo'ty!! Muito Mafy! @@



By Inyy* às 18:07 | link do post | Say something ♥

More about me
posts recentes

Blog novo!

True...

Memories

Freedom

Memories ♥

Junho 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Este Blog NÃO adoptou o novo acordo ortográfico ♥